Colorimetria na Micropigmentação

A Colorimetria na Micropigmentação e Microblading representa um percentual muito  elevado

do acerto do profissional, eu não me canso de responder perguntas tanto de alunas como no

meu Canal do Youtube de pessoas e profissionais recem formados e mesmo  profissionais  já

formados e atuando com problema com cores…

Para qualquer trabalho de Micropigmentação , um conhecimento adequado de colorimetria é indispensável. Entender como a cor de um pigmento pode “reagir” após a interação com a pele nos leva a entender porque uma tonalidade se deu mais clara, mais escura, mais acizentada ou mais avermelhada depois de alguns dias do procedimento realizado.
Ao escolhermos uma tonalidade de Pigmento para uso em Micropigmentação, devemos levar em conta alguns fatores como melanina e base da cor do pigmento, para que se chegue a cor desejada.
Nunca se aplica a cor final desejada na pele do cliente, pois essa cor vai reagir.
AS CORES
A partir delas que podemos fazer todos os cálculos, sejam matemáticos ou não. Esses cálculos permitirão que nosso trabalho alcance com sucesso o objetivo desejado. A  Estrela de Oswald é o centro de tudo. Com ela entenderemos a ciência e a matemática das cores. Ela nos mostra como neutralizar tons indesejáveis, formar cores, entender suas misturas…
Cores primárias são aquelas que não necessita outra para existir: azul, amarelo e vermelho.
Cores secundárias são misturas de duas primárias: verde, roxo e laranja.
Cores quentes são aquelas que remetem ao calor, tons vibrantes: vermelho, laranja e amarelo.
Cores frias são aquelas que remetem ao frio, tons tristes: azul, verde e roxo.Para neutralizar uma nuance basta ter em mente a seguinte regra: neutraliza-se uma cor primária com uma cor secundária e vice versa.
Para neutralizar uma cor primária basta usar uma cor secundária que seja a mistura das outras duas primárias.
Para neutralizar uma cor secundaria basta usar uma cor primária que não faça parte da sua mistura.
EXEMPLO:
AZUL                Neutraliza o laranja           E vice versa
VERMELHO     Neutraliza o verde             E vice versa
AMARELO       Neutraliza o roxo               E vice versa

Muito importante saber que tudo que se refere a colorimetria serve para qualquer tipo de trabalho  que se refira à cor, seja para colorir cabelo, parede, carro...

Se você domina a colorimetria não vai ter problema na hora de decidir a cor dos pigmentos e atá ajudar aquela cabeleireira do salão que é pratica e não entende
da estrela de Oswald, sabe quando o cabelo chumba, fica laranja ... Tudo isso se resolve com conhecimento de COLORIMETRIA!
e Ponto Final

1 Comentário

  • Micheline Bezerra

    Responder Responder 13/01/2018

    Adorei seus videos sou manicure e quero acrescentar ao meu curriculo design de sobrancelhas.

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios